Imagens do Instrumento cravo

O cravo ainda é tocado nos dias de hoje

Um instrumento de teclado desenvolvido durante o século 14 e 15, o cravo foi amplamente utilizado até o início do século 19, quando foi substituído pelo piano.

O mecanismo do cravo tem cordas de metal são reproduzidas pelo toque de uma pequena plaheta, que está ligada ao mecanismo da tecla. Um movimento para baixo na tecla levanta a palheta na outra extremidade, de modo que ela puxa a corda e depois gira de modo que ela não toque a corda no caminho para baixo.

Um inconveniente do cravo é que o músico não tem controle sobre o volume e a qualidade do som. Durante o período de aproximadamente 400 anos, o cravo sofreu alterações, e conjunto duplo de cordas foram utilizados com conectores separados para cada conjunto, de modo que as variações de volume e a qualidade poderiam ser alcançadas.

O cravo geralmente tem um formato mais longo e mais estreito que um piano, ele comumente tem uma forma semelhante a um piano de cauda. Cravos foram construídos em diferentes formas ao longo dos anos, entre eles: virginal, a espineta, e o claviciterio que era menos comum.

No século 20, o cravo foi revivido em músicas dos séculos 16, 17 e 18, bem como para novas composições. A qualidade do som incisivo das cordas de metal acrescentam clareza para linhas melódicas.

O cravo é particularmente eficaz em se tocar música contrapontística, que consiste em duas ou mais melodias tocadas ao mesmo tempo, tais como as do compositor alemão Bach.

As primeiras fábricas de cravos foram estabelecidas na Itália nos séculos 16 e 17. A mais famosa delas estava localizada em Flandres e pertencia a família Ruckers.

Muitas obras foram escritas no sécilo 20 para serem tocadas no cravo. Outros construtores empreendedores procuraram reaprender os princípios históricos de proporção e de construção, em um esforço para duplicar o som do instrumento.

 

Instrumento cravo 1

Instrumento cravo 2 Instrumento cravo 3 Instrumento cravo 4 Instrumento cravo 5 Instrumento cravo 6 Instrumento cravo 7




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *